PSA: 5 etapas para se manter saudável durante a temporada de gripes e resfriados

Com a ameaça do Coronavírus aumentando em todo o mundo a um ritmo alarmante, pensamos em aproveitar esta oportunidade para divulgar a etiqueta adequada no tapete durante a temporada de gripes e resfriados.

O Jiu-jitsu é um esporte de contato próximo onde fluidos corporais como suor, saliva e, às vezes, sangue são facilmente trocados entre parceiros de treinamento. Combine esse fato com um tapete encharcado de suor e uma sala de treinamento úmida e você terá um terreno fértil para germes, bactérias e vírus.

Então, o que você pode fazer para prevenir a propagação de germes e doenças como a gripe ou pior? Apresentamos alguns procedimentos fáceis para manter não apenas você seguro, mas também aqueles ao seu redor, e não apenas durante os meses de gripe, mas sempre que você estiver no tatame.

1. SE SENTIR DOENTE, FIQUE EM CASA!

Se você sentir algum tipo de doença chegando, seja uma leve dor de cabeça, coriza, garganta inflamada, etc., fique em casa. Muitas vezes, os parceiros de treino provocam uns aos outros por faltarem ao treino, mas sempre que você se sente abatido ou doente, não é hora de mostrar o quão durão você é. É importante pular o treino durante esses períodos por dois motivos.

Primeiro, como mencionado, as academias são um local privilegiado para a propagação de germes e você provavelmente irá espalhar sua doença facilmente com outras pessoas. Como lutadores de jiu-jitsu somos responsáveis ​​e confiamos uns nos outros no tatame. Confiamos que quando tocarmos, o seu oponente irá soltar. Precisamos confiar que podemos contar uns aos outros para tomar a decisão certa quando se sentirem doentes também. Principalmente com o principal temporada de competições a todo vapor e grandes eventos como o Pan se aproximando, não comprometer as chances de seus companheiros de equipe competirem aparecendo doentes. Então faça isso pelo seu Jiu-Jitsu irmãos e irmãs e pule o treino se estiver sentindo algum tipo de doença chegando.

Em segundo lugar, se você estiver se sentindo esgotado, seu sistema imunológico provavelmente já está comprometido. Vou treinar só vai piorar as coisas para você e para todas as pessoas com quem você contata. Adicionando estresse a um sistema imunológico já estressado só piorará e prolongará sua doença.

Resumindo, se sentir algum sinal de enjoo, FIQUE EM CASA.

2. BANHO ANTES E DEPOIS DO TREINO!

Algumas pessoas dizem para não tomar banho antes do treino porque você remove as bactérias boas da pele que ajudam a proteger contra doenças, etc. Mas se você trabalha em um escritório ou na cidade e aparece na aula, é possível que você tenha pegou alguns germes ao longo do dia. Recomendamos tomar um banho rápido antes de treinar, mas se não puder, lave bem as mãos e o rosto antes do treino.

Tomar banho após o treino, no entanto, é absolutamente OBRIGATÓRIO. Isso vale quer seja temporada de gripes e resfriados ou não. Tirar de você o suor e outras coisas que foram transmitidas durante o treinamento o mais rápido possível lhe dará a melhor chance de prevenir doenças. Quanto mais você esperar após o treino para tomar banho, mais tempo os germes terão para apodrecer e entrar no seu sistema. O ideal é tomar banho na academia assim que a aula terminar ou assim que chegar em casa.

3. LAVE SEU GI, CINTO E PROTETOR DE RASH O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

Nem é preciso dizer, mas é fácil esquecer o equipamento quando você está cansado após um árduo dia de treinamento. Os germes se espalham e apodrecem quando seu kimono e seu protetor de pele ficam encharcados em uma pilha no chão ou no carro. Lave-os o mais rápido possível e use água quente. Se você não conseguir lavar suas peças rapidamente, pendure-as para secar assim que puder, de preferência ao sol. Pendurar itens molhados ao sol irá ressecá-los e dar aos germes menos tempo e oportunidade de sobreviver.

Sabemos que lavar o cinto é controverso, mas para ter a melhor chance de prevenir doenças, recomendamos que você o lave após cada treino. Se for pedir demais, você também pode borrifá-lo com um limpador desinfetante adequado para tecidos e pendurá-lo ao sol para secar. De qualquer forma, tente mantê-lo limpo!

4. LIMPE SEU SACO DE ENGRENAGENS.

Com que frequência você limpa seu kimono? Depois de cada uso, certo? Com que frequência você limpa sua bolsa de treinamento? Provavelmente nunca. Sua bolsa de ginástica provavelmente está carregada de bactérias e germes. A maioria das bolsas de equipamentos pode ser lavada com segurança (pelo menos muitas das Hyperfly são) e podem ser penduradas para secar. Você também pode borrifar o interior da bolsa com um limpador desinfetante adequado para tecidos. Além disso, não deixe equipamentos sujos na bolsa durante a noite ou por longos períodos. Use-o para transportar equipamentos de A para B, depois transporte de volta de B para A e lave imediatamente.

5. DIVULGUE A CONSCIÊNCIA, NÃO A DOENÇA.

É ótimo se você seguir todos esses passos, mas não deixe de compartilhá-los com seus amigos e parceiros de treino. Todos somos responsáveis ​​uns pelos outros nos tatames. Além disso, aumente a conscientização perguntando aos seus treinadores, professores e funcionários da academia o que eles estão fazendo para evitar a propagação de germes. Com que frequência eles limpam os tapetes? Eles estão fazendo anúncios sobre higiene em cada aula ou em e-mails aos membros? Faça o que puder para manter você e as pessoas ao seu redor seguros!

Embora estejamos postando este artigo durante o aumento do vírus Corona e no auge da temporada de gripes e resfriados, essas etapas podem e devem ser usadas SEMPRE. Vírus desagradáveis ​​como MRSA, “Super Pink Eye”, micose e outros estão sempre à espreita nos tapetes de luta.

Pedimos gentilmente que você compartilhe isso com seus companheiros de equipe e parceiros de treinamento.

Fique bem!

  • Sua família Hyperfly.